Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

ESPIONAGEM DOS EUA: ESTAMOS EM 1984?

George Orwell, no livro 198, nos revelou algumas coisa bem interessantes que estamos presenciando hoje. Seria o suposto serviço de espionagem do Estados Unidos o Grande Irmão da vida real?  W inston, Herói do último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa a vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel.  Não, não é uma referência ao Pedro Bial. No livro, O Grande irmão tenta controlar tudo com os olhos que vigiam as pessoas. Tá, parece o Bial, mas estamos falando de um ou Big Brother que está tentando nos monitorar: Barack Obama.    O grande irmão está te vendo!   Para quem está por fora Edward Snowden, um ex-analista de inteligência americano, vazou documentos que revelam registros de ligações telefônicas lá fora e acesso a servidores de empresas de Internet. 

Piada infame #2

Resenha de livro: O oceano no fim do caminho, de Neil Gaiman

“As memórias de infância às vezes são encobertas e obscurecidas pelo o que vem depois, como brinquedos antigos, esquecidos no fundo do armário abarrotado de um adulto, mas nunca se perdem por completo.” Com um enredo cheio de mistério, O oceano no fim do caminho é narrado por um homem que, ao se deparar com a casa que morou na infância, busca nas profundezas de sua mente as memórias de uma fase turbulenta em sua vida. Suas lembranças, que há muito não vinham à tona, afloram ainda mais quando se depara com uma fazenda no fim da rua. Ele entra na propriedade e senta-se na beira do lago que existe no fundo da casa. Três mulheres misteriosas, as Hempstock, moravam no local e se referiam ao lago como “oceano”. Nosso protagonista, que não tem o nome revelado, passa a se lembrar do terror que viveu aos sete anos de idade, quando uma crise financeira em sua família os obrigou a alugar um quarto (o seu, no caso) para um senhor sul-africano. Esse senhor cometeu suicídio dentro do carro